slideslideslide

 

 

 

 
 
 
 
SOLUÇÕES TECNOLÓGICAS
Serviços de topografia e locação de equipamentos

TOPOGRAFIA

Topografia

Você sabe que para a execução de um bom projeto, um dos passos vitais é realizar um estudo topográfico do terreno, a topografia não é mesmo?

Afinal de contas, a topografia é a ciência que fornece informações valiosas ao construtor. O estudo topográfico é capaz de ajudar a determinar o melhor local de implantação. Além disso, ajuda a prever serviços como terraplanagem, transplantes de árvores, entre outros.

Definição e conceitos de topografia

A topografia, como você bem sabe, é o estudo da superfície terrestre e de suas características e formas. O resultado desta área do conhecimento é a descrição das superfícies, formas, coberturas vegetais e elevações, representada em mapas.

A título de curiosidade, a palavra topografia deriva de dois termos gregos: “topos”, que significa lugar, e “graphen”, que quer dizer descrever.

Por definição, a topografia confere a descrição exata e detalhada de um lugar, incluindo medição de distâncias.

Na prática, a planta topográfica fornece informações sobre relevo, curvas de nível, perfil longitudinal, seções transversais, elementos existentes no local, metragem, cálculo de área, pontos cotados, norte magnético, coordenadas geográficas, acidentes geográficos.

 

Por que topografia é tão importante?

A topografia tem aplicação em vários momentos de um desenvolvimento imobiliário. 

O documento é utilizado, por exemplo, no momento da compra do terreno e no desenvolvimento do projeto.

A topografia também é vital para subsidiar licenciamentos e registros junto a órgãos públicos, fazendo parte desta etapa burocrática do processo.

Na fase de execução da obra, a topografia serve como suporte em diversos procedimentos. Vou te citar alguns exemplos:

  • Demarcação dos limites do terreno;
  • Locação de nivelamento dos furos de sondagem;
  • Demarcação do esquadro da obra;
  • Locação de estacas;
  • Locação de pilares;
  • Nivelamento do terreno;
  • Acompanhamento das prumadas dos pilares;
  • Nivelamento de pisos e lajes;
  • Marcações das áreas de lazer e jardim;
  • As-built da obra, entre outros. 

Você sabia que também há aplicações da topografia no pós-obra?

Sim, nesses casos, a topografia pode ser utilizada para fazer o controle da estrutura construída e verificar possíveis deslocamentos, por exemplo. Interessante, não?

Você já deve ter percebido que, quando falamos em topografia, precisão é a palavra-chave, especialmente em áreas relativamente pequenas. Um erro nos ângulos e distâncias ou nas escalas de redução descritas pode significar retrabalho e gastos altos e imprevisíveis.

Imagine a dor de cabeça que pode decorrer de erros de marcação que distorcem o recuo mínimo exigido pela prefeitura. Ou nos dados de planimetria e altimetria. Esse tipo de imprecisão pode levar à não liberação do empreendimento.

Entrar em Contato

Tecnologia do Google TradutorTradutor